Monday, March 27, 2017

DP1 - Macroeconomics Formative Reflection

          For this formative I would give myself 6.  I could have gone into much more depth in the explanation of the graph.  For example, I could have talked about wages being flexible or inflexible and gone into more depth about why the price changes that occurred happened.  Another large section that I could improve was my example.  My example was extremely weak and not specific.  To create a better example I think that I need to give a more direct, concise, and specific example.

Tuesday, February 7, 2017

DP1 Economics

By looking at the work of other Graded students it allowed me to look deeper at my own work to analyse what I am actually doing wrong.  One of the largest lessons that I learned is that a simple mistake can turn the whole situation muddy.  Also that when something is unclear the quality of the paper as a whole is greatly diminished.  Therefore I learned that it is extremely important to recheck over my work and to make sure that I don't make any silly mistakes that could detract from the quality of my work.  I feel that at the time of the writing of this paper I was at a four level.  However, I feel that I have grown in knowledge since and that I have been able to correct some of errors that I made.  I think that I am now at a five level.

Wednesday, October 19, 2016

Where Am I Now - Economics

Right now I feel comfortable in the course and that I have done well in learning the courses content up to this point.  I am excited to get back into the class and start the learning process all over again.  Right now I don't think that there are any gaps in my learning.  I am going to continue learning in the class as I get back into the course.

Monday, October 10, 2016

Economics - Reflection on Learning

        So far I feel very comfortable in this course.  There is tons of room for real life application of what we are learning.  My studying for the first summative was effective as I got a six.  My notes and overall preparedness for the class is organized and efficient.  I am confident in my learning and I feel that I have effectively been able to apply and use my knowledge.  My level of confidence does match my performance.  I feel that I am able to answer and explain all of the learning objectives thus far.  Overall, I think that I have been successful in the course thus far, and I feel that I will continue to do so.

Monday, May 30, 2016

Escolha um e Opine 5

Para os meus finais Escolha um e Opine eu decidi assistir a um vídeo sobre terceiros miúdos da cultura. O vídeo é altamente aplicável ao meu estilo de vida e também a de pessoas ao meu redor. Por definição, uma criança terceira cultura (TCK) é uma criança que se move em torno de um monte durante os seus anos de infância, e como tal não tem uma noção de onde sua casa ou nacionalidade é. Falei com alguns dos meus amigos e eles têm esse problema. Porque eles se mudaram em torno muito em sua vida eles sentem que não têm uma casa específica. Para mim, isso não é um problema, o Brasil é o primeiro lugar que eu vivi fora dos EUA e da minha casa estará sempre em Michigan, onde vivi a maior parte da minha infância e vida. Eu posso compreender como as pessoas podem enfrentar este dilema. Porque eles só vivem em um determinado lugar, geralmente 4 anos no máximo, eles se sentem como sua casa é em todo lugar que eles viveram.

Escolha um e Opine 4

Eu achei extremamente interessante para ler sobre como outros fatores que o DNA e os genes que recebemos de nossos pais podiam me afeta no futuro e, possivelmente, meus filhos. Uma das maneiras que eles receberam os resultados no artigo foi através de ratos de teste. Eles tiveram bons resultados confiáveis que foram replicados por várias outras pessoas. Isso foi muito estranho para mim, porque é altamente provável que os ratos terão diferentes instintos parentais e comportamentos do que nós como seres humanos pode ter. Outra coisa legal, mas tipo de não relacionado que eles fizeram no artigo foi a mutação do esperma. É assustador pensar que colocar estresse o suficiente em mim mesmo poderia ter consequências negativas para as gerações.